top of page
  • Writer's pictureDra. Paula Reichert Leite

Ácido Úrico- Muito além da gota...

Na medicina funcional, o ácido úrico é visto como um marcador de possíveis problemas de saúde além da gota. É considerado um sinal de estresse oxidativo, inflamação e disfunção metabólica, aumentando o risco de:

  • doenças cardiovasculares (disfunção erétil, hipertensão, infarto, AVC) pois provoca dano ao endotélio vascular, predispondo a placas de ateroma e reduz óxido nítrico (-> vasoconstrição)

  • Síndrome metabólica/ resistência insulínica, diabetes, esteatose, ovários policísticos

  • Gota, cálculos e insuficiência renal

  • Osteoartrite, osteoporose

  • Inflamação e disfunção mitocondrial

  • Psoríase

  • Declínio cognitivo, depressão e ansiedade.


Abordagem da Medicina Funcional:


  • Níveis Ótimos: abaixo de 5.5 mg/dL


  • Causa Raiz: Em vez de apenas tratar os sintomas, a medicina funcional investiga as causas como:

  • Dieta: Alta ingestão de alimentos ricos em purinas (carne vermelha, vísceras, frutos do mar) e frutose (xarope de milho, refrigerante, sucos e doces industrializado, álcool (reduz a excreção de urinas e dentre as bebidas a cerveja é a pior pois contém urinas).

  • Resistência à Insulina aumenta ácido úrico e vice versa.

  • Disbiose Intestinal: Desequilíbrios no microbioma podem contribuir para o aumento da produção de ácido úrico.

  • Desintoxicação Prejudicada: Função renal reduzida ou outros problemas de desintoxicação podem dificultar a excreção de ácido úrico.

  • Medicamentos: AAS, omeprazol, topiramato, sildenafil, ciclosporina, beta bloqueadores, testosterona, levodopa, diuréticos

  • Predisposição Genética


  • Tratamento Personalizado:

  • Mudanças na Dieta: Reduzir alimentos ricos em purinas, oxalato e frutose e enfatizar alimentos anti-inflamatórios.

  • Modificações no Estilo de Vida: Gerenciamento de peso, exercícios, estresse e sono adequado.

  • Suplementos: quercetina, luteolina, vit C e D, zinco, omega3, chlorella, chá verde e NAC

  • Medicamentos: Alopurinol reduz a formação de ácido úrico enquanto Probenecida e Benzbromarona aumentam a excreção renal dele.


Sugestão de leitura: Drop Acid, de David Perlmutter


Se você está preocupado com seus níveis de ácido úrico, agende sua consulta !

Related Posts

See All

Comments


bottom of page