• Dra. Paula Reichert Leite

A Verdade por trás dos Óleos Vegetais Refinados

(Soja, Milho, Canola, Girassol)





Foram criados pelos irmãos William Procter e James Gamble em Cincinatti (1870) para produzir sabão, que até então era feito com gordura animal. Reconheceu os sobrenomes? Procter&Gamble, hoje a maior indústria do mundo!

Descobriram que a hidrogenação tornava esses óleos sólidos em temperatura ambiente, e começaram a substituir a manteiga e banha na indústria alimentícia, pois era mais barato e aumentava a validade dos produtos. Esses óleos são ultraprocessados, extraídos das sementes/ grãos, refinados, descoloridos e desodorizados. No processo são usados grãos geneticamente modificados (GMO) e com muito agrotóxicos, e aditivos para garantir estabilidade.

São aquecidos em altas temperaturas, oxidando os ácidos graxos, tornando-os muito inflamatórios, ricos em Ômega 6 e pobres em Ômega 3 (protetor, anti-inflamatório). Para você ter idéia a proporção Ômega 6 : Ômega 3 nas dietas dos nossos ancestrais era 1:1. Hoje, com toda a industrialização alimentícia essa proporção é 20:1. Não é à toa que nossa sociedade está tão doente!


A oxidação desses óleos causa alterações no nosso DNA e membranas celulares, Disbiose (alteração das bactérias intestinais) e Leaky Gut (aumento da permeabilidade intestinal). O resultado é inflamação crônica que aumenta o risco para Diabetes, Infarto, AVC, Alzheimer, Câncer, Doenças Auto-imunes, Obesidade, Alterações Hormonais e de Neurotransmissores (Depressão, Ansiedade, Insônia), Infertilidade, Doenças Intestinais e Osteoarticulares.


Nos anos 40 a P&G patrocinou a Sociedade Americana de Cardiologia para endossarem que esses óleos vegetais faziam bem ao coração. Houve marketing pesado e lobby no congresso, resultando em plantação excessiva da matéria prima e uso em larga escala na indústria. Começaram a condenar Animal e glorificar óleos vegetais.


Com inúmeros estudos publicados hoje sabemos que gorduras animais são boas para a saúde em quantidades moderadas. E que não há benefício algum no uso de óleos vegetais refinados.


Mas a lavagem cerebral durante décadas é difícil de ser quebrada…


Faça sua parte... Duvulgue essa informação!


E na sua cozinha use manteiga, azeite de Oliva, óleo de abacate ou coco. Não use margarina ou óleos vegetais refinados!



Sua saúde agradece!

1 view0 comments

Related Posts

See All