• Dra. Paula Reichert Leite

COVID-19 & Neuroinflamação



Artigo fresquinho da Nature falando sobre COVID-19 e Sintomas de Brain Fog (Confusão mental, alteração de atenção e memória, insônia).


https://doi.org/10.1038/s41586-021-03710-0


A COVID-19 não é uma doença respiratória per se. É uma doença vascular! A vasculite causa reação inflamatória exacerbada, levando a tromboses e infiltração de tecidos com células inflamatórias (pneumonite intersticial, neuroinflamação etc).


Das queixas pós COVID-19 uma das mais marcantes é o Brain Fog. A causa é a Neuroinflamação. Há alteração da Barreira Hemato Encefálica (BHE) e do plexo coróide, levando à infiltração do parênquima por células mediadoras da inflamação (principalmente linfócitos T). O plexo coróide envia sinais de inflamação ao cérebro, ativando o parênquima de células da glia e astrócitos, alterando a função cognitiva e a neurogênese. Isso se assemelha muito ao mecanismo de doenças neurodegenerativas (Alzheimer, Parkinson).


Relembrando:

- BHE são células endoteliais (que revestem vasos sanguíneos) bem juntas, tornando o parênquima cerebral (onde os neurônios ficam) semipermeável à maior parte das substâncias da corrente sanguínea. Na Neuroinflamação a junção entre essas células fica frouxa (semelhante ao leaky gut das células intestinais na Disbiose intestinal). Assim, substâncias (incluindo toxinas) começam a entrar no parênquima cerebral, gerando inflamação, alteração de neurotransmissores e hormônios.

- O Plexo coróide é formado por células que revestem os ventrículos cerebrais e produzem líquor.


Nós, Médicos Funcionais, somos Inflamologistas… Pois tratamos a causa das doenças… e na grande maioria das vezes é a Inflamação a culpada.


A adoção de um Estilo de Vida menos inflamatório é essencial:


- Priorize seu sono, pois privação é muito inflamatória;

- Alimentação rica em comida de verdade (in natura) e com mínimos alimentos industrializados ultraprocessados (que têm baixo valor nutricional e muitas gorduras ruins, açúcar refinado, sal em excesso, conservantes, corantes que causam disbiose e inflamação);

- Reduza a entrada de toxinas no seu corpo… Coma mais Alimentos orgânicos (veja meu post anterior) pois esses têm mais fitoquímicos e não têm uma camada de venenos e antibióticos (que causam disbiose e neuroinflamação). Reduza o uso de plásticos, ricos em disruptores endócrinos inflamatórios como o BPA. Substitua cosméticos por versões atóxicas;

- Mantenha-se sempre hidratado, com água! Não espere ter sede… esse já é um sinal de desidratação!

- Movimente-se! Exercícios moderados são anti-inflamatórios, modulam microbiota intestinal, neurotransmissores e hormônios!

- Aprenda a lidar com o stress… meditação, Pranayama, hobbies, terapia, Grounding (veja posts anteriores sobre esses temas);

- Cultive relações saudáveis! Negligência e abuso físico e emocional geram inflamação!

- Suplementos/ alimentos anti-inflamatórios: Ômega 3, Curcumina (açafrão-da-terra), Ácido Alfa Lipóico, Quercetina, Resveratrol, Gengibre, Cacau, Chá Verde, Espirulina, óleo CBD, Zinco, Magnésio, Vitamina D, Melatonina.


0 views0 comments

Related Posts

See All