• Dra. Paula Reichert Leite

Thanksgiving! O Impacto da Gratidão no Seu Organismo




Hoje comemora-se o Thanksgiving nos EUA. Há 10 anos me mudei para lá e me apaixonei pelo feriado. É o mais importante no país, independentemente da religião. É quando as famílias se reunem e contam suas bênçãos.

Na correria do dia-a-dia esquecemos de agradecer às coisas boas de nossas vidas, “entramos no automático” e passamos a perceber nossas bênçãos como algo garantido…

Mas você sabia que existem inúmeros trabalhos científicos mostrando que se sentir grato (através de diários de gratidão, meditações sobre o tema, cartas agradecendo alguém que te ajudou, etc.) e até mesmo ler uma carta de alguém te agradecendo por algo que você fez à ela alteram toda nossa bioquímica cerebral e hormonal?

Autores como Candace Pert, Joe Dispenza, Deepak Chopra, David Perlmutter, Bruce Lipton, David Rakel, Daniel Amen, Oliver Sacks, Martin Seligman escreveram livros maravilhosos sobre o assunto.

Trabalhos científicos mostram que o sentimento de Gratidão:


- Aumenta serotonina, aumenta a Felicidade!

- Reduz Ansiedade e Depressão

- Aumenta BDNF! Com isso há formação de novos neurônios (neurogênese) e novas sinapses entre eles (neuroplasticidade)

- Ativa circuitos neuronais envolvidos em planejamento, cognição e redefine contextos, significados de experiências. Você se torna menos reativo, mais calmo!

- Aumenta foco, entusiasmo, determinação

- Aumenta auto-estima

- Melhora Imunidade

- Na Epigenética, aumenta a expressão de genes antioxidantes, anti-inflamatórios e de Longevidade!

- Aumenta o altruísmo

- Melhora relacionamentos (amizades, trabalho, amor)

- Reduz liberação de Cortisol e Catecolaminas pelas Adrenais, melhorando a Inflamação crônica (ver post sobre Estresse Crônico de 08/07/21), a Pressão Alta e reduzindo o risco cardiovascular

- Melhora o Sono

- Aumenta a vontade de se cuidar e se exercitar

- Ajuda na recuperação de doenças, vícios de drogas e álcool

- Reduz a incidência de Doenças Neurodegenerativas como Parkinson, Alzheimer.



Dicas para incluir a Gratidão na sua rotina:


- Reserve um horário para isso! Comece com 5 minutos todos os dias!

- Aqui em casa todas as noites rezamos juntos e agradecemos o que mais gostamos no nosso dia.

- Meditação ou oração matinal envolvendo gratidão já condiciona seu cérebro a começar o dia mais otimista!

- Amo escrever diários (uso o App Grateful), onde listo as coisas mais importantes da minha vida. Tento não repetir os mesmos itens.

- Pense nas pessoas que fazem a diferença na sua vida. Como seria sua vida sem elas?

- Escreva para essas pessoas descrevendo isso!

- Mesmo nas pessoas que você não gosta, tente achar qualidades. Isso altera sua percepção e torna o relacionamento mais fácil.

- Não se esqueça de agradecer a você mesmo! Anote suas melhores qualidades!

- Crianças amam potes de gratidão! Quando algo bom acontece, escreva e coloque num pote. Quando estiver triste, abra o pote e pegue 1 papel.


Gostou? Compartilhe!


E procure os autores citados acima!


Elogios não foram feitos para serem guardados. Admira alguém? Expresse!

6 views0 comments

Related Posts

See All